TEXTURAS ELASTOMÉRICAS

São revestimentos especiais, cuja principal característica é proporcionar às fachadas, uma proteção bem superior as texturas convencionais.
Sua composição química é composta alem das cargas minerais, por aditivos especiais, um alto teor de resina acrílica com grande poder de flexibilidade, impermeabilizantes, com percentuais bem superiores as texturas até então utilizadas no mercado, aditivos, espessantes,  bactericidas, fungicidas e outros componentes, inclusive com uma espessura bem superior as das texturas convencionais.

As Texturas Elastoméricas possuem como principal característica a cobertura de pequenas trincas e fissuras (pés de galinha) eliminando posteriormente o aparecimento das mesmas e consequentemente evitando como nas texturas normalmente utilizadas, infiltrações em diversos ambientes internos.

Normalmente em quase 95% dos casos de infiltrações, quando as fachadas são texturizadas, as principais causas são mofos, fungos, paredes amareladas e aparecimento do filme dos blocos bem demarcados, são motivados principalmente por trincas ou fissuras que aparecem por retrações do reboco, juntas de dilatações, infiltrações por soleiras, peitoris, esquadrias etc. é absolutamente necessário que o reboco esteja aplicado à pelo menos 28 dias.
               
Outro fator que normalmente ocorre e a culpa recai sobre os texturas é o amarelamento das paredes internas, mostrando inclusive os filmes dos blocos, tem como motivo principal o apartamento fechado, sem ventilação por muito tempo, possibilitando que a umidade e o calor crie uma condensação que inclusive molhe completamente os vidros das janelas e crie mofos nas paredes

As texturas elastoméricas apesar de terem um custo  mais elevado, proporcionam um ganho e beneficio totalmente positivo e o resultado final justifica este custo adicional.

Sua aplicação consiste:

A - Aplicação de uma demão diluída de textura (primer) em 50% de água sobre todas as trincas e fissuras, com trincha ou pincel.
OBS: Dependendo da espessura das fissuras é necessário utilizar 2 (duas) demãos obedecendo um intervalo de 8 horas entre as demãos.
B - Após este fundo , aplicar uma demão bem texturizada com diluição em água entre 10% a 15% com rolo de textura num consumo de aproximadamente 1,3 kg /m2 a 1,5 kg. /m2
C - Após a secagem total desta demão, aplicar nova demão (2º) com rolo de pêlo sobre a textura diluída com água na proporção de 25% a 30%.
Esta demão irá proporcionar um acabamento mais uniforme, conseguindo cobrir alguns defeitos na aplicação e tamponar pequenas falhas na pintura.

OBS: No caso das texturas elastoméricas aplicadas através de desempenadeira, o processo se aproxima bastante da textura rolada.

Nosso departamento técnico está apto para fornecer quaisquer outras informações
através de nosso telefone (31) 3671-1001



© Todos os direitos reservados